SIKH DHARMA BHAIBANDI - BRASIL

SIKH DHARMA BHAIBANDI - BRASIL

miércoles, 1 de abril de 2009

HUKAMNAMA 1-4-09


Download Fuentes Gurmukhi
ABRIL 1 de 2009,Quarta-feira,4.30 A.M
WaheGuru Ji Ka Khalsa, WaheGuru Ji Ki Fateh!
AQUI : Audio Hukamnana

soohee mehalaa 3 kaaeiaa kaaman ath suaaliho pir vasai jis naalae pir sachae thae sadhaa suhaagan gur kaa sabadh samhaalae har kee bhagath sadhaa ra(n)g raathaa houmai vichahu jaalae 1vaahu vaahu poorae gur kee baanee poorae gur thae oupajee saach samaanee 1 rehaao kaaeiaa a(n)dhar sabh kishh vasai kha(n)dd ma(n)ddal paathaalaa kaaeiaa a(n)dhar jagajeevan dhaathaa vasai sabhanaa karae prathipaalaa kaaeiaa kaaman sadhaa suhaelee guramukh naam samhaalaa 2kaaeiaa a(n)dhar aapae vasai alakh n lakhiaa jaaee manamukh mugadhh boojhai naahee baahar bhaalan jaaee sathigur saevae sadhaa sukh paaeae sathigur alakh dhithaa lakhaaee 3kaaeiaa a(n)dhar rathan padhaarathh bhagath bharae bha(n)ddaaraa eis kaaeiaa a(n)dhar noukha(n)dd prithhamee haatt pattan baajaaraa eis kaaeiaa a(n)dhar naam no nidhh paaeeai gur kai sabadh veechaaraa 4kaaeiaa a(n)dhar thol thulaavai aapae tholanehaaraa eihu man rathan javaahar maanak this kaa mol afaaraa mol kith hee naam paaeeai naahee naam paaeeai gur beechaaraa 5guramukh hovai s kaaeiaa khojai hor sabh bharam bhulaaee jis no dhaee soee jan paavai hor kiaa ko karae chathuraaee kaaeiaa a(n)dhar bho bhaao vasai gur parasaadhee paaee 6kaaeiaa a(n)dhar brehamaa bisan mehaesaa sabh oupath jith sa(n)saaraa sachai aapanaa khael rachaaeiaa aavaa goun paasaaraa poorai sathigur aap dhikhaaeiaa sach naam nisathaaraa 7saa kaaeiaa jo sathigur saevai sachai aap savaaree vin naavai dhar dtoee naahee thaa jam karae khuaaree naanak sach vaddiaaee paaeae jis no har kirapaa dhhaaree 82

SOOHEE, TERCEIRO MEHL:A corpo-noiva está muito bonita; ela mora com o Marido dela Deus. Ela se torna a alma-noiva feliz do Verdadeiro Marido dela Deus, enquanto contemplando a Palavra do Shabad do Guru. O devoto do Deus sempre é afinado ao Amor do Deus; o ego dela está queimado longe de dentro. 1 Waaho! Waaho! Santificado, santificado é a Palavra do Bani do Guru Perfeito. Isto poços para cima e pula adiante do Guru Perfeito, e funde em Verdade. 1 pausa Tudo está dentro do Deus—os continentes, mundos e regiões inferiores. A Vida do Mundo, o Grande Doador, mora dentro do corpo; Ele é o Cherisher de tudo. A corpo-noiva está eternamente bonita; o Gurmukh contempla o Naam. 2 o próprio Deus mora dentro do corpo; Ele é invisível e não pode ser visto. O manmukh ego-legado tolo não entende; ele sai procurando o Deus externamente. Um que serve o Verdadeiro Guru sempre está a paz; o Verdadeiro Guru me mostrou para o Deus Invisível. 3 dentro do corpo há jóias e tesouros preciosos, o tesouro em cima de-corrente de devoção. Dentro deste corpo estão os nove continentes da terra, seus mercados, cidades e ruas. Dentro deste corpo estão os nove tesouros do Naam; contemplando a Palavra do Shabad do Guru, é obtido. 4 dentro do corpo, o Deus calcula o peso; Ele é o weigher. Esta mente é a jóia, a pedra preciosa, o diamante,; é absolutamente inestimável. O Naam, o Nome do Deus, não pode ser comprado a qualquer preço; o Naam é obtido contemplando o Guru. 5 um que se torna Gurmukh procura este corpo; tudo outros só viagem ao redor em confusão. Aquele ser humilde só obtém isto, até quem o Deus dá isto. Que outros truques inteligentes pode tentar qualquer um? Dentro do corpo, o Medo de Deus e Ama para Ele agüenta; pelo Grace de Guru, são obtidos eles. 6 dentro do corpo, é a Brahma, Vishnu e Shiva, de quem emanou o mundo inteiro. O Verdadeiro Deus organizou e inventou o próprio jogo dele; a expansão do Universo vem e vai. O próprio Verdadeiro Guru Perfeito fez isto claro, aquela emancipação passa pelo Verdadeiro Nome. 7 aquele corpo que serve o Verdadeiro Guru é embelezado pelo próprio Verdadeiro Deus. Sem o Nome, os achados mortais nenhum lugar de resto no Tribunal do Deus; ele será torturado pelo Mensageiro de Morte. O Nanak, verdadeira glória é dada, quando o Deus despeja a Clemência dele. 8 2
Quarta-feira,19 de Chayt (Samvat 541 Nanakshahi) (Página: 754)